Sol e Lua Homepage Sol e Lua Homepage

 

 

 Chakras

Chakras

 

Os chakras são pontos de energia do corpo astral. Existem sete chakras primários, que são associados com diversas partes do corpo, como emoções, desejos, pensamentos, poderes e saúde.  Os gurus da Nova Era acreditam que os chakras possuem cores e dão origem a auras, que revelam a saúde física e espiritual da pessoa, assim como seu karma.

São como uma roda com um nódulo central onde as energias de diferentes campos circulam de maneira centrífuga e pulsam de maneira rítmica, de modo que, em seu conjunto, se parecem com uma flor cujas pétalas estão em harmonia constante. Estes centros geradores de energia distribuem energia vital para os nossos corpos sutis e físico.

Traduzem os efeitos dos campos vibratórios, astrais, mentais, causais, como manifestações biológicas de nosso sistema endócrino. Atuam diretamente sobre os órgãos físicos através de impulsos eletromagnéticos sobre as glândulas, fazendo com que estas distribuam hormônios para a manutenção fisiológica do corpo físico.

Sua função é vitalizar, equilibrar e interagir com o corpo físico e psíquico, trazendo o desenvolvimento da nossa consciência.

A falha na distribuição energética pode também criar uma fraqueza na zona do corpo correspondente ao chakra, vindo a bloquear a circulação de energia e fazendo com que a disfunção crie um estado de dor, doença e acidentes, por estar a pessoa com o seu campo vibratório baixo.

Chakra é um termo sânscrito  que quer dizer roda, círculo em movimento. São vórtices por onde flui nossa energia vital. Então vejamos um pouco dos principais chakras:

  

 Genésico1 - MULADHARA - CHAKRA DA RAIZ - GENÉSICO


Situado na base da espinha dorsal, relaciona-se com o poder criador da energia sexual.Em sânscrito muladhara, de nmula, que significa raiz, e adhara, base.

 

LOCALIZAÇÃO - Região do períneo, entre o ânus e os órgãos genitais.

COR - Vermelho.

ELEMENTO - Terra.

GLÂNDULAS - Supra-renais.

FUNÇÃO - Sobrevivência.

 

DISFUNÇÕES - Fraqueza, doenças ósseas ou hemorróidas; dificuldade para lidar com a raiva e frustração. Quando excessivamente energizado, indica excesso de hormônios, sexualidade exacerbada ou até mesmo a presença de um tumor no local.

 

TEMAS - Associado à vitalidade e à nossa ligação com a terra, ele rege as funções do intestino grosso, os ossos, as pernas, pés e tudo o que nos mantém firmes no chão. A habilidade (ou incapacidade) de gerir o plano material, como cuidar do corpo, ganhar dinheiro e dar forma aos projetos, tem a ver com esse centro, que influencia a vida sexual na sua vertente mais instintiva.

 

COMO ATIVAR - Caminhar descalço, dançar e pular com batidas rítmicas no chão, tomar atitudes em relação às questões materiais da existência.

 

REFLETIR - O que pode estruturar ou desestruturar você?

 

 

Esplênico 2 - SVADHISTHANA - CHAKRA DO SACRO - ESPLÊNICO


Responsável pela energização geral do organismo, e por ele penetram as energias cósmicas mais sutis, que a seguir distribuem pelo corpo. Svadisthana, que significa morada.

 

LOCALIZAÇÃO - Região do baixo-ventre.

COR - Laranja.

ELEMENTO - Água. GLÂNDULAS Ovários e testículos.

FUNÇÕES - Prazer, procriação, criatividade.

 

DISFUNÇÕES - Dependência emocional, luxúria, frigidez, bloqueio criativo, problemas nos rins, nos sistemas reprodutor e circulatório.

 

TEMAS - A polaridade amor e ódio, os sentimentos de vergonha e culpa, as fantasias sexuais e as dores emocionais profundas (ligadas à maternidade e às traições) são questões desse chakra, que governa os líquidos corporais, como o sangue, a menstruação, o esperma e as lágrimas. Tanto o prazer do orgasmo quanto o risco de confundir-se com o parceiro mexem com a energia desse centro, bem como a saúde dos órgãos envolvidos na concepção.

 

COMO ATIVAR - Atividades aquáticas, danças de ritmo sensual.

 

REFLETIR - Descubra a relação entre sexualidade e espiritualidade.

 

 

Gástrico 3 - MANIPURA - CHAKRA DO PLEXO SOLAR - GÁSTRICO


Localiza-se na região do umbigo ou do plexo solar, e está relacionado com as emoções. Manipura, que significa gema ou jóia reluzente.

 

LOCALIZAÇÃO - Acima do umbigo, na região do estômago.

COR - Amarelo-ouro.

ELEMENTO - Fogo.

GLÂNDULA - Pâncreas.

FUNÇÕES - Digestão, fortalecimento da vontade. Quando muito energizado, indica que a pessoa é voltada para as emoções e prazeres imediatos. Quando fraco sugere carência energética, baixo magnetismo, suscetibilidade emocional e a possibilidade de doenças crônicas.

 

DISFUNÇÕES - Distúrbios alimentares, diabetes, mania de julgar ou controlar os outros, egocentrismo.

 

TEMAS - As questões de carisma e autoridade são o desafio desse ponto, ligado ao metabolismo dos alimentos e das emoções. Despertar a consciência para as emoções envolvidas nos jogos de poder (como a fúria ou o medo da perda) é a chave para transmutá-las. Nessa esfera, aprendemos a nos defender dos abusos e a obter autodomínio - nunca pela negação dos sentimentos, mas pela habilidade de lidar com eles.

 

COMO ATIVAR - Exercícios de flexão de coluna (na ioga, a postura da pinça e a saudação ao sol).

 

REFLETIR - Identifique os aspectos luminosos e sombrios no seu modo de exercer o poder.

 

 

Cardíaco 4 - ANAHATA  - CHAKRA DO CORAÇÃO - CARDÍACO


Situa-se na direção do coração. Relaciona-se principalmente com o timo e o coração. Sua energia corresponde ao amor e à devoção, como formas sutis e elevadas de emoção. Anahata, que significa intocado ou inaudível.

 

LOCALIZAÇÃO - Centro do peito.

COR - Verde.

ELEMENTO - Ar.

GLÂNDULA - Timo.

FUNÇÕES - Estimular a imunidade e o bom funcionamento do coração e dos pulmões, desenvolver a capacidade de amar, perdoar e sentir compaixão. Quando ativado desenvolve todo o potencial para o amor altruísta. Quando enfraquecido indica a necessidade de se libertar do egoísmo e de cultivar maior dedicação ao próximo. No aspecto físico, também pode indicar doenças cardíacas.

 

DISFUNÇÕES - Problemas respiratórios e cardíacos, medos ou ilusões a respeito do amor.

 

TEMAS - Elo entre os três primeiro chakras (ligados a matéria, sexo e relacionamentos) e os três últimos (ligados à espiritualidade), o quarto centro deve integrá-los, elevando nosso grau de consciência e de auto-estima. Para isso, precisamos reconhecer e tratar dores decorrentes de ciúmes, ressentimentos e abandonos.

 

COMO ATIVAR - Terapias voltadas para as curas emocionais e meditações dirigidas.

 

REFLETIR - Liberte-se da idéia de que você ou os outros deveriam ser diferentes para merecer amor. Aceite o que cada um é.

 

 

Laríngeo 5 - VISHUDHA - CHAKRA DA GARGANTA - LARÍNGEO


Fica na frente da garganta e está ligado à tireóide. Relaciona-se com a capacidade de percepção mais sutil, com o entendimento e com a voz. Vishudha, que significa purificar.

 

LOCALIZAÇÃO - Região da garganta.

COR - Azul-celeste.

ELEMENTO - Éter.

GLÂNDULA - Tireóide.

FUNÇÕES - Desenvolver a comunicação autêntica, a criatividade e a intuição, estimular a saúde na região do pescoço e ombros. Quando desenvolvido, de forma geral, indica força de caráter, grande capacidade mental e discernimento. Em caso contrário, pode indicar doenças tireoidianas e fraquezas de diversas funções físicas, psíquicas ou mentais.

 

DISFUNÇÕES - Bloqueios na faculdade de percepção e expressão, distúrbios ligados à garganta e tireóide.

 

TEMAS - Nosso sistema de crenças e valores está associado a esse centro. Se ele for rígido demais, a flexibilidade da parte superior do corpo será prejudicada, bem como a espontaneidade e a possibilidade de inventar novos significados para a existência. Se você é do tipo que engole sapos ou dissimula sentimentos, bloqueará a energia nessa região. O equilíbrio depende da recuperação da capacidade de expressar o que sente, desfazendo o nó na garganta. Assim, vai favorecer a capacidade de entrega, a generosidade, os poderes mágicos de evocação espiritual e também a responsabilidade por tudo o que sua voz é capaz de criar.

 

COMO ATIVAR - Cantar ou entoar mantras.

 

REFLETIR - Palavras podem ferir ou curar, criando guerra ou paz nas relações pessoais e mundiais.

 

 

Frontal 6 - AJNA - CHAKRA FRONTAL


Situa-se no ponto entre as sobrancelhas. Conhecido como "terceiro olho" na tradição hinduísta, está ligado à capacidade intuitiva e à percepção sutil. Ajna, que significa saber, perceber.

 

LOCALIZAÇÃO - Na testa, entre as sobrancelhas.

COR - Azul-anil. ELEMENTO Nenhum, plano da energia telepática.

GLÂNDULA - Pituitária.

FUNÇÃO - Desenvolver a sabedoria. Quando bem desenvolvido, pode indicar um sensitivo de alto grau. Enfraquecido aponta para um certo primitivismo psico-mental ou, no aspecto físico, para tumoração craniana.

 

DISFUNÇÕES - Dores de cabeça, problemas de visão, incompreensão.

 

TEMAS - No dia-a-dia, esse chakra nos confere clareza, discernimento e concentração, mas é possível ir além: os dons da vidência e da telepatia correspondem a esse centro, conhecido como o "terceiro olho". Só os grandes sábios conseguiram chegar aos estágios mais elevados desse plano, compreendendo a profunda ligação entre todos os seres. Quando isso não ocorre, mesmo os visionários correm o risco da arrogância e do mau uso dos talentos.

 

COMO ATIVAR - Exercícios de visualização e imaginação ativa, como mentalização de cores e símbolos.

 

PARA REFLETIR - Procure conectar visão e intuição para enxergar além da superfície e compreender melhor o que vê.

 

 

Coronário 7 - SAHASRARA - CHAkRA DA COROA - CORONÁRIO


O mais importante dos chakras, situa-se no alto da cabeça e relaciona-se com o padrão energético global da pessoa. Conhecido como chakra da coroa, é representado na tradição indiana por uma flor-de-lótus de mil pétalas na cor violeta. Através dele recebemos a luz divina. O sétimo é o mais importante dos chakras, situa-se no alto da cabeça e relaciona-se com o padrão energético global da pessoa. Conhecido como chakra da coroa, é representado na tradição indiana por uma flor-de-lótus de mil pétalas na cor violeta. Através dele recebemos a luz divina. Sahasrara, que significa mil vezes maior.

 

LOCALIZAÇÃO - Topo da cabeça.

COR - Violeta ou branco.

ELEMENTO - Nenhum, plano da energia cósmica.

GLÂNDULA - Pineal.

FUNÇÕES - Integração, cura, consciência plena.

DISFUNÇÕES - Alienação, distúrbios mentais.

 

TEMAS - A circulação da energia nesse centro influencia a saúde em geral, pois ele rege o cérebro, as faculdades cognitivas e a memória. Do ponto de vista espiritual, é o estágio da iluminação e da santidade. Para nós, que buscamos a luz, distantes do nirvana, esse chakra aponta para a necessidade de aprendizado e de respeito ao mistério. Através dele recebemos a luz divina. A tradição de coroar os reis fundamenta-se no princípio da estimulação deste chakra, de modo a dinamizar a capacidade espiritual e a consciência superior do ser humano.

 

COMO ATIVAR - Meditação e posturas invertidas da ioga (só com orientação de especialistas).

 

REFLETIR - O potencial para iluminação existe dentro de todos nós e qualquer ponto luminoso é importante no combate à ignorância.