Sol e Lua Homepage Sol e Lua Homepage

 

 

 

As Cores e seus Benefícios

 

Desde que os primeiros homens começaram a usar as cores como forma de magia para atrair, através de seus poderes, a tão preciosa caça, as cores passaram a ter um papel cada vez mais fundamental e simbólico em todas as culturas do mundo. Dos babilônios aos egípcios as cores eram parte fundamental da cultura e religião, definindo e expressando toda a força mística destas. Era também através da magia das cores que a classe dominante controlava a política e dominava o povo. Ambos os povos usavam e abusavam do fascínio e das emoções que o uso indiscriminado das cores exercia sobre os indivíduos. Seus palácios, templos e monumentos eram pintados com cores vivas e contrastantes que bombardeavam os sentidos, de maneira a intimidar todos os que deles se aproximavam. O povo em geral usava vestimentas de cores neutras, como branco, bege ou cinza e as cores vibrantes eram reservadas à elite fazendo com que esta pudesse usar o poder que elas exerciam sobre os sentidos, de maneira intimidante, para garantir seu domínio.
Já na Índia e na China o poder das cores é usado há milhares de anos como forma de energia que influencia todos os aspectos da vida. Os centros energéticos do corpo, conhecidos como Chakras pelos budistas e hindus são regidos pelas cores, de maneira que seu uso deve ser estudado e todo cuidado deve ser tomado para que o equilíbrio entre o material e o astral se mantenha inalterado fazendo com que a saúde, a sorte e a sanidade sejam sempre preservadas.
As culturas orientais acreditam que as cores, além de controlar os aspectos físicos e espirituais do ser humano, exercem uma imensa influência sobre as situações do cotidiano. Por isso é importante que toda e qualquer vestimenta seja examinada de um ponto de vista ideal para a situação que deva ser controlada. Situações específicas requerem cores específicas. Religião, guerra, política, cada qual com sua combinação correta para obter-se uma solução desejada.
Na tradição hebréia, nos mistérios da Cabala, as cores também exercem poderosa influência demonstrando assim que, basicamente, todas as culturas e povos do mundo, de uma maneira ou outra, tiveram oportunidade de observar e comprovar a força das cores e a veracidade sobre sua capacidade de influenciar os acontecimentos.
Na cultura ocidental foi a religião que fez uso das cores de maneira a simbolizar diferentes aspectos espirituais, reforçar sua autoridade, intimidar seus seguidores, mantendo uma aura de mistério e respeito. Diferentes cores são usadas para simbolizar diferentes posições hierárquicas dentro das diversas religiões. Padres, pastores, bispos, cônegos ou papas, cada qual usa de uma específica cor, de maneira que possam ser identificados instintivamente por aqueles com quem se relacionam, criando assim uma situação em que são vistos em uma posição psicologicamente destacada. O uso dado às cores, conforme os hábitos das diversas culturas mundiais durante o decorrer dos séculos, tinha o objetivo de obter resultados dirigidos diante de situações específicas como ferramenta de manipulação psicológica que, segundo a sabedoria popular, tem provado ser muito mais acurada do que se imaginava.

Cada cor possui a sua função. Cabe ao ser humano saber dosá-las e misturá-las, para que possam contribuir com a elevação de uma pessoa. As cores quentes sempre devem ser usadas em menor escala e misturadas às demais cores frias. Assim, o equilíbrio entre a vitalidade e a tranqüilidade é estabelecido.


VERMELHO - O Vermelho é uma cor quente e altamente estimulante. Sua presença é facilmente notada. Cor do fogo da paixão, da luta e da guerra, Vínculo afetivo, profundidade nas relações, efervescência, dinamismo, calor, força e agressão estão ligados ao vermelho. Muitos diziam que era a cor da paixão, mas este sentimento é muito passageiro para estar ligado à cor vermelha. Ativa a vitalidade física, sexualidade, criatividade, competitividade, abre o apetite, estimula a circulação sangüínea e os nervos, sendo excelente para dar mais ânimo e crédito a si mesmo. É a cor que traz em si o anima/animus, ou seja, o poder feminino da sedução, com a força e ação do poder masculino.. É contra indicado nos casos de febre, pressão alta e problemas cardíacos. O excesso de Vermelho pode provocar agressividade e irritabilidade. Induz a uma ação mais impulsiva guiada pelo instinto. Portanto deve ser usada com moderação. Na cromoterapia; estimulante, excitante, ativa a circulação sangüínea, aumenta a pressão sangüínea, abre o apetite, revitalizante e altamente energético. O vermelho Também é fonte de energia positiva, estimula a alegria e a vitalidade. O excesso pode acarretar nervosismo.

LARANJA - Arriscar, ir a busca do que está lá no horizonte, aventurar-se a descobrir as novidades é o que envolve a cor laranja. É ideal para quem precisa criar e também para os que querem retirar os medos de críticas e de ir em frente. É a cor da liberdade, concentração e independência. O laranja estimula a libido, auxilia no processo criativo. O Laranja é uma cor quente de efeito revigorante, estimulante, desobstruidor, dilatador, melhora a respiração dilatando os pulmões e combate o cansaço, cria bem-estar, aumenta o otimismo e vivifica as emoções. Na cromoterapia; estimulante, desobstruidor, dilatador, melhora a respiração dilatando os pulmões e combate o cansaço

AMARELO - O amarelo é sinal de intelectualidade. É a cor do sol, do otimismo, da alegria. É ideal para locais estressantes, pois alivia a sensação de esgotamento mental. Se em dado momento a mente precisa estar antenada, afiada e ágil, o amarelo deixa essa situação ao alcance. Ele abre os espaços do conhecimento. É uma cor de ambição e liderança, simpatia e alegria. Os que estão de regime devem evitá-la, já que abre o apetite, por isso não deve ser empregada em excesso na cozinha ou na sala de jantar. O Amarelo é um excelente estimulante mental e antidepressivo. Ativa o sistema nervoso, digestivo e muscular. Na cromoterapia; estimulante mental, antidepressivo, ativa o sistema nervoso, digestivo e muscular.

VERDE - O Verde é a cor do equilíbrio e harmonia em geral. Tem poder restaurador, purificador e de esperança. O verde exprime sensação de paz, alivia a tensão e representa a esperança, sua cor favorece a cura. É a cor do equilíbrio, entre a frieza da lógica e a efervescência das emoções. Se o desejo é paz, esta cor é a mais indicada. Integra emoção e razão de uma forma hábil, tão necessária ao equilíbrio de nossa psique. Produz um ambiente calmo e com muita energia ao mesmo tempo. Na cromoterapia é uma cor de equilíbrio e harmonia em geral. É a cor do nitrogênio que é o componente mais presente na atmosfera; da esperança, da vida nova, da energia, da fertilidade, do crescimento; VERDE-ESCURO: doentio, barato; VERDE-CLARO: refrescante, novo, arejado.

AZUL - É a cor da lógica e ponderação. Amplia nossos horizontes, o que resulta em uma visão maior sobre os assuntos que estão a nossa volta. Diferente da cor verde, essa estimula a razão, a verdade, a lógica, de forma fria (decidida). A cor azul é adequadíssima àqueles locais em que os conflitos estão presentes. O Azul é uma cor fria, calmante, relaxante, introspectiva, anti-séptico, analgésico, antiinflamatório, adstringente (contrai, encolhe e diminui) e favorece o sono. Na cromoterapia é uma cor fria, usado como calmante, anti-séptico, analgésico, relaxante, antiinflamatório, adstringente (contrai, encolhe e diminui) e favorece o sono. Frescor, fragilidade, juventude, expansão, intuição e das faculdades mentais superiores.

ÍNDIGO - O Índigo é cor fria, calmante mental, analgésico e antiinflamatório. Combate problemas psicossomáticos. Na cromoterapia é uma cor fria, usada como calmante mental, problemas psicossomáticos, analgésico e antiinflamatório. Frio, formalismo, meditação.

VIOLETA - O Violeta privilegia o lado espiritual, promove harmonia, propicia inovações e mudanças. É indicada para ambientes que favorecem à criatividade. A cor representa poder e a riqueza. É a cor da espiritualidade, intuição, sutil desbloqueador e purificador mental. Na cromoterapia também é uma cor fia, usada para o espiritual, sutil, desbloqueador e purificador mental. Espiritualidade, intuição, sensibilidade, limpeza, imaginação.

ROXO - O lilás e o roxo equivalem à sabedoria, ao espiritual. Um leve toque do roxo demarca o poder e autoridade. Não no sentido de poder arbitrário, mas autoridade através da sabedoria e do conhecimento. Quando variado para tons de violeta, oferece seu poder de tranqüilidade e de aceitação da vida para ajudar nos processos de insônia.

BRANCO - O Branco é a união de todas as cores. É a cor da paz, pureza, refinamento e expansão. Vibrante e estimulante por ser a união de todas as cores, o branco é como se fosse um arco-íris. Como cada uma das pessoas já carrega uma determinada vibração, é bom saber dosar o uso dessa cor. Transmite higiene, claridade, amplia as situações. Produz troca de energia e capta bem a energia solar. O branco favorece a clareza, mantendo a verdade nua e crua. Pode tornar um ambiente monótono, levando à dispersão.

CINZA - Maciez, docilidade, cautela. O Cinza é uma cor neutra.

PRETO - A cor preta possibilita o mistério e mantém as intenções no anonimato. Instiga a curiosidade das pessoas, ao mesmo tempo em que se consegue passar desapercebido com ela, que camufla as verdades ao exterior. Capta o que acontece sem dizer a que veio. Protege das cargas negativas, mas por outro lado não deixa fluir a energia e, assim, não renova a carga energética do ser humano.O Preto também é a cor do isolamento. Mal, medo, superstição, destruição, força, mistério, suspense, frieza, pára- raios de inflixos negativos.

OURO - O Ouro é a cor da luz do nosso astro rei: o Sol. Reflete a energia positiva transformando a escuridão em riqueza, luxo e poder.

PRATA - A Prata é cor da reflexão.

MARROM - O Marrom é cor da segurança (pé no chão). Riqueza, solidez, luxúria, calma. Traz clarezas em situações difíceis, praticidade.

BEGE - O Bege é uma derivação sutil do Marrom.

ROSA - O Rosa é a cor do amor incondicional, da amizade, do feminino e dos sentimentos vindos do coração, traz conforto e aconchego é o tom do amor universal e resulta em tranqüilidade. Suavidade, frescor, fragrância.

MAGENTA - O Magenta é a cor do equilíbrio mental. Na cromoterapia é uma cor utilizada para o equilíbrio mental.

PÚRPURA - O Púrpura é a cor do amor divino. Dignidade, realeza, imponência, opulência.
 

Cores e Cromoterapia

 

A cromoterapia usa as cores do espectro solar para equilibrar o ser humano e promover uma melhora na sua saúde integral. Esta técnica é utilizada com base na inversão das energias que estiverem em excesso ou em falta em determinado órgão ou sistema. Para isso utiliza-se de lâmpadas coloridas ou lanternas com filtros coloridos, água solarizada ou alimentos que contenham as mesmas propriedades que as cores e ainda até ambientes coloridos. Existem também vários outros elementos, materiais, minerais, químicos, etc. que contem as mesmas propriedades das cores. Esses elementos são muito usados em outros tipos de terapias ou técnicas de curas, sempre baseados nos conceitos da cromoterapia. O objetivo da cromoterapia é a harmonização física, mental e espiritual do paciente. A vibração da cor é usada para recuperar o equilíbrio, comprometido por doenças e emoções como medo e raiva. Cada cor possui uma propriedade, tem uma função no tratamento e é escolhida de acordo com a necessidade de cada pessoa.


VERMELHO

Tem a função de desenvolve o vigor, estimula o físico e o sistema nervoso. Deve ser usado para levantar o astral, espantar o desânimo, desenvolver o estímulo para a vida. Na parte física é coadjuvante no tratamento de problemas de circulação, anemia e fraqueza.Sua ausência pode causar Perda de iniciativa, de autoconfiança e de vontade.

LARANJA

Sua função é Trazer as emoções a tona, mas de maneira tranqüila .Revigora a mente, produz uma sensação de bem-estar. É uma cor estimulante atuando sobre bronquite, asma, problemas renais, estrutura óssea e músculos, em casos de fraquezas, fissuras, fraturas e traumatismos e musculares são as síndromes físicas que o laranja ajuda a combater. Mas nunca abandone o seu tratamento. Sua ausência pode causar ansiedade, impaciência e dificuldade de adaptação.

AMARELO

Essa cor, como simboliza o ouro, irradia otimismo e alegria, combate a depressão, colabora com a criatividade. Fisicamente, dá suporte aos tratamentos dos males de estômago, rins, vesícula biliar, fígado, intestino, ossos, da pele, sistema nervoso central e periférico, e nos tratamentos de audição. Sua ausência pode levar timidez, medo de críticas, tendência para a tristeza.

VERDE

Funciona como um relaxante orgânico natural, ela estimula o funcionamento de todo sistema nervoso. Age como se fosse um tônico revigorante. Auxilia no tratamento da hipertensão, insônia, tensão muscular, dores de cabeça e úlcera, é anti-séptico, antiinfeccioso e relaxante, atua principalmente no sistema sistema nervoso central. Sua ausência causa Desorganização, atrasos em compromissos e métodos e percepção falhos.

AZUL

Todos os tons de azul transmitem esperança e serenidade. È calmante acima de tudo. Analgésico, sedativo, regenerador celular e removedor de impurezas. Atua também sobre músculos e sistema nervoso. Anda ao lado das terapias para o aparelho respiratório, dos tratamentos de dores de garganta, laringite, rouquidão e age contra as erupções da pele. Sua ausência pode causar resistência a mudanças, inflexibilidade, não entendimento da palavra liberdade.

AZUL ESCURO (Índigo)

Coagulante. Age na corrente sangüínea e em todo o corpo, principalmente em ferimentos sobre artérias, veias e vasos, onde exista sangramento.

ANIL

Funciona no alivia as frustrações e inibições e age contra o medo do futuro ou do desconhecido. Diminui a força das doenças mentais. Pode coadjuvar no combate aos males dos olhos e ouvidos. Traz, ainda, bem-estar a quem tem pneumonia. Em ausência pode causar medos e frustrações às vezes inexplicáveis. Ausência de desconfiômetro.

VIOLETA

Essa cor acalma, sem relaxar em excesso. Na mente, inspira e estimula criatividade e o senso de observação. Quando o foco é o corpo, pode ajudar a acalmar nevralgias, dores ciáticas, reumáticas, renais e de bexiga. Sua ausência aumenta os sentimentos de medos de rejeição e incompreensão, incapacidade de observação detalhada.

LILÁS

Combate as infecções, é antiinflamatório e bactericida. Age nos intestinos, rins, vias respiratórias, baixo ventre na mulher e sobre ferimentos internos ou externos.

ROSA

Desde o mais claro até o rosa queimado, estimula boas emoções, principalmente as do amor. Pode auxiliar contra o formigamento, a má circulação ou ainda descontrole de pressão, cicatrizador e eliminador de impurezas. Atua principalmente sobre a corrente sanguínea, sobre artérias, veias e vasos. Sua ausência pode causar problemas de controle emocional, inabilidade, desânimo e má circulação.

BRANCO OU DOURADO (OURO)

É a mistura de todas as cores. Pode ser considerada coadjuvante para melhora integral da mente e do corpo. Sua ausência traz tendência para instabilidade emocional e a falta de senso comunitário.
 

ÁGUA SOLARIZADA

 

Tomar água solarizada com cores é uma maneira prática e fácil para se obterem os benefícios da cromoterapia. Ela é recomendada principalmente em problemas gastrintestinais e circulatórios. Para solarização da água, antes de bebe-la, basta pegar uma garrafa de vidro transparente, envolvê-la com papel celofane na cor indicada, enchê-la de água potável e levá-la ao sol; deixe o recipiente exposto à luz solar por um período mínimo de uma hora (sol forte), durante meio dia (sol fraco) ou o dia todo (em dia chuvoso). Depois essa água deverá ser absorvida em pequenas doses durante o dia, no período Maximo de sete horas, não podendo ser colocada em geladeira. Mantenha a água solarizada em local fresco.Esse método é mais eficiente em problemas que envolve o sistema digestivo.

Você também pode se beneficiar com a visualização de cores, basta imaginá-las na região do corpo que estiver debilitada ou no corpo inteiro; ou, ainda, projetá-la mentalmente sobre uma pessoa que estiver precisando delas. O êxito nesse processo dependerá de sua capacidade de concentração e visualização. Aqueles que estiverem mais treinados, poderão obter melhores resultados, visto que é o poder da mente que servirá de fonte para a emanação da cor visualizada.

Importante: Sendo a cromoterapia uma prática natural e alternativa, ela não dispensa o tratamento médico.Ao contrário, pode ser usada paralelamente.